Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Roberto Piva


                Eu gosto muito de Manoel Bandeira e Carlos Drummond, mas eles são tão clássicos que a poesia deles parece ser de outro tempo. (Será que é de Parságada?)
                Houve um movimento muito forte na poesia dos anos sessenta que se alastra até os dias de hoje, porém não reconhecido pelos acadêmicos, justamente por serem demasiadamente viscerais. Cá entre nós, o mundo não é visceral?
                Ferreira Gullar com o seu concretismo leva a fama do poeta do real. Porém quero apresentar um poeta marginal. Claudio Willer disse: Ele é uma sombra que anda pela cidade. Seu nome é Roberto Piva.
                Piva mistura xamanismo, alucinógenos, homossexualidade e non sense, inspirado por Rimbaud, Nietzsche, Cidade de São Paulo e cultura africana e nesse balaio todo cria uma poesia surreal (Tipo o que há de verdade no cotidiano).
                Não há como ter uma relação indiferente a esse poeta: ou se ama ou se odeia. Não publicou muitas obras, mas as que ele publicou causaram um barulho incomodo na sociedade brasileira e mundial, mais do que falar, gostaria de mostrar um poema:

Poema XIV", de 20 Poemas com Brócoli

vou moer teu cérebro. vou retalhar tuas

         coxas imberbes & brancas.

         vou dilapidar a riqueza de tua

         adolescência. vou queimar teus

         olhos com ferro em brasa.

          vou incinerar teu coração de carne &

                            de tuas cinzas vou fabricar a

                            substância enlouquecida das

                            cartas de amor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias