Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


quinta-feira, 3 de maio de 2012

Código Florestal



                Meus caros amigos!
                Quero falar sobre dois assuntos: (risos)


Estou no espírito do concurso de cartas do “Desafio dos Escritores”, alias o nosso mestre Marco Antunes rasgou elogios aos cinco escritores (Entre os quais esse que escreve), e fiquei muito lisonjeado e convido a todos a lerem essas cartas (principalmente a partir da segunda semana).  O link é esse aqui:




E também passei para as finais da “Poesia Porrada” que foi uma grande surpresa, semana que vem saberemos quem será o grande vencedor.


Ah e já abriram as inscrições para “Crônicas da Terra Santa” e “Contos Estranhos do Canadá”, vale a pena participar, as regras estão no site acima. (Se alguém quiser participar e tiver alguma dúvida podem perguntar pra mim que eu ajudarei).


Quando estou envolvido no Desafio, infelizmente o blog fica um pouco abandonado, mas vamos ao que interessa:


Ultimamente ando lendo aquelas mensagens que a galera joga no Facebook sobre o Código Florestal (Quem me conhece sabe o que penso sobre a questão midiática ecológica).


Devemos defender a floresta, o macaco-prego, a onça pintada e etc. Tudo muito louvável; mas, e a pessoas que moram na Amazônia, por exemplo?


Então quer dizer que nós que moramos no sul/sudeste podemos tomar banho quente, ter ruas asfaltadas e iluminadas, TV de LCD, celulares, carros e afins e o povo que mora na floresta tem que se contentar a dar banana a macacos?


Ora a discussão precisa ser abrangida de forma racional: Como vamos ter um desenvolvido sustentável que traga prosperidade para a população sem fuder o planeta?


Pelo raciocínio facebookiano: O cidadão sofre de malária, desnutrição e sem expectativa de futuro merece viver em condições precárias em favor da tartaruga.


Está certo, aquele que devastou áreas de florestas sem autorização merecem todo o rigor da lei, mas é importante pensar bem no que está acontecendo. E não sair que nem papagaio clicando em curtir sem pensar no que está fazendo.


O planeta Terra não suportará os 10 bilhões de habitantes que teremos em 2050. Faz-se tarde uma tecnologia de Terraformação e a exploração de novos planetas. Só assim salvaremos os homens e os animais. O resto é desculpa pra tomar dinheiro de nossos bolsos e demagogia barata.


Se você não concorda , então comece a tomar banho frio, ir a pé para o trabalho, não assistir TV, não acessar Internet. É ruim né?


Até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias