Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


sábado, 24 de setembro de 2011

The Adventures of Robert Savage


                Pessoalmente gosto muito de rock, blues e jazz e achava que conhecia muita coisa, até que um belo dia, eu visitei um blog americano com o sugestivo nome de “Psicodelich 67”, era um destes lugares em que você baixa mp3, a diferença deste é que só tem coisas entre 1964-1974.
                Entre um download e outro encontrei este disco de 1971 de uma banda chamada “The Adventures of Robert Savage” (Robert Savage foi um antigo presidente americano), não tenho muitas informações da banda, alias nem no Wikipédia, e nem no sitio que disponibilizou existem informações da banda.
              É um puro hard-blues-rock, com muitos fuzzes de guitarras, antigamente se fazia musicas para um álbum, hoje se faz para um hit.

Pra quem é amante da arte roqueira tem o link abaixo para fazer o download, recomendadissimo.

 http://www.mediafire.com/?yliimmemzzm

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Fundação

Eu já tinha lido alguns livros do Asimov (Na verdade é meu escritor nº 1), porém nunca havia lido a Fundação ganhadora dos prêmios Hugo e Nebula (Maiores condecorações na ficção cientifica) e li a trilogia numa paulada só, originalmente os livros são:
Fundação
Fundação e Império
Segunda Fundação
Estamos num futuro longínquo, onde a humanidade colonizou toda a galáxia e todo governo é centralizado no Império Galatico, entretanto, um psicohistoriador (Que faz uma mistura de matemática com psicologia), desnuda o futuro da humanidade através de formas matemáticas através do comportamento  humano.
E Heldon Seldon prevê o fim do Imperio Galatico e a humanidade atravessara 30.000 anos de barbárie até se fundar o 2º império, mas com o conhecimento da psicohistoria este tempo poderá ser reduzido em 1000 anos.
Para isto ele funda duas “Fundações” nos extremos da galáxia, compostas de cientistas que tem por objetivo encurtar o período de barbárie.
Então com este enredo a historia se passa e neste período muitas tramas ocorrem e por vários momentos “A Fundação” passa por momentos críticos, conhecidas como crise Seldon.
É importante salientar que durante estas tramas, Asimov, utilizasse de conceitos cientificos, tais como  física, matemática, estatística, robótica, historia e psicologia, mas o mais importante e que tudo tem uma lógica e emoção.
E o tipo de livro que você vai sempre avançando para saber o que vai acontecer.
Para meu desgosto terminei a literatura, mas existem outros 4 livros que dão continuidade a trama, além de vários contos tie-in.
Leitura Excelente pra lá de recomendada.

sábado, 17 de setembro de 2011

Edgar Allan Poe



Edgar Allan Poe é um escritor americano do século XIX e cujo o conteúdo de suas historias estão envolvidas em mistérios sobrenatural, o autor se utiliza de muitas descobertas da ciência ou pseudociências do seu tempo como a hipnose no caso do conto: “O Estranho caso do Senhor Valdemar” e muitos historias são construídas num ambiente aristocrático (A queda de Usher, O Rei Peste, O Barril de Amontillado e etc) talvez ele quisesse dizer que a morte, a peste e a loucura não escolhem, simplesmente elas acontecem.

Na minha humilde opinião acho que se coloca Poe num lugar muito mais elevado do que realmente ele é (Me perdoem seus fãs), no Brasil temos Machado de Assis que é bem mais eclético, escreveu contos de todos os gêneros, nesta linha Machado de Assis bate Poe facilmente, basta ler O Alienista, A Cartomante e etc.

Não estou dizendo que é ruim, mas não são todos contos que são legais.

Curiosamente o conto que eu mais gostei de Poe foi O Relato de Arthur Gordan Pyn que é um suspense policial, fugindo da característica básica de Poe.

Não li todos os contos de Poe, mas li pelo menos de 10 a 12, para tirar à prova a melhor coisa é você mesmo checar, existem várias arquivos para download na Internet e as obras são de domínio publico cada um que tire sua própria conclusão.

Até a próxima.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Desafio Infinito


Desafio Infinito é uma saga da Marvel, onde o tirano Thanos reúne as cinco jóias espirituais com o intuito de impressionar a Morte que, no entanto o despreza.

Todos os principais personagens da Marvel participam desta saga, mas o eixo fica mesmo em torno de Thanos, há muitas reviravoltas na historia e parece que nada nem ninguém poderá derrotar o vilão.

Mas eis que surge Warlock do lugar mais improvável e a batalha toma dimensões épicas.

Uma das melhores historias da Marvel.

Acredito que só se achara em sebo está obra, apesar que como eu sempre falo, há opções de downloads, mas ai você deve caçar pelo Google.

sábado, 10 de setembro de 2011

Venus mais X


Este livro escrito por Theodore Sturgeon , apesar do nome não tem nada haver com o planeta Venus, trata-se de uma designação de uma raça hermafrodita, além de abordar temas  bastante polêmicos, como homossexualidade e incesto.

Uma raça chamada ledomitas trazem um homo sapiens do passado para que ele dê um impressão sobre sua civilização, durante a trama, ora passada no passado e ora passada no presente, filosofa sobre n temas, como a situação “suja” da mulher, as infinitas seitas protestantes e a distorção criada pelos homens do cristianismo, expondo seus lados positivos e negativos.

Há momentos que o leitor achará os ledomitas uma raça revolucionaria e outros momentos eles serão retratados como vilão, no final tudo não passará de uma grande trama de final surpreendente.

Apesar deste livro ter sido escrito em 1960, os temas abordados são atualíssimos, alias esta antiga coletânea da editora Hemus (Hoje só possível adquirir através dos sebos ou de forma eletrônica), são clássicas, então a leitura de Venus Mais X não pode ser deixada de ser lida pelos fãs da ficção cientifica.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

E de Espaço


“E” de espaço ou no original ”S” of Space é uma coletânea de contos não necessariamente sobre o espaço, há uma mescla de contos sobre tudo se dando ênfase a fantasia.


Antigamente havia um programa de TV se eu não me engano o nome era “Amazing Adventures” que tinha as histórias de Bradbury como fundo, tanto que ele é conhecido como o maior contador de histórias da America.

Nesta coletânea duas coisas chamam a atenção a primeira a nostalgia da infância, como na historia do bonde que dá lugar ao moderníssimo ônibus ou sentir as mãos dos antigos marcianos que há tempos não existem mais.

Outra é a sensação de que se abrirmos mãos da modernidade o simples modo de vida de antigamente nos tornaria mais felizes e quem sabe, nos livraria de hecatombe nuclear.

Na época em que foram escritos estes contos nos anos de 1950, muita dessas coisas faziam sentido, mas teimo em acreditar que o futuro sempre será melhor, na verdade Bradbury quer dizer isto nas entrelinhas.

Para quem gosta de contos bem escritos este livro é um prato cheio, muitos contos que existem por ai é baseado nesta coletânea.

Até a próxima.

sábado, 3 de setembro de 2011

Planeta Neandertal


Nesta busca de achar boas obras de literatura fantástica a preços acessíveis, encontrei está obra num sebo no valor de R$ 9,00 (O Sebo do Messias), intitulada “Planeta Neandertal” de Brian Aldiss.

Brian Aldiss é um autor de ficção cientifica considerado herdeiro de HG Wells (A guerra dos mundos), seu principal conto que virou filme é AI Inteligência Artificial.

O estilo erudito de Aldiss torna sua obra muito mais importante do que os autores contemporâneos como Meyear e Brown.

O livro na verdade é uma coletânea de contos:

Planeta Neandertal

Num futuro, o governo instalado é a robocracia, onde os homens são considerados criaturas inferiores, e KD Andersson está fugindo do zoo (Onde os homens vivem) e recebe uma missão para ir Nehru II em busca do professor Arlbaster.

Anderson começa a receber uma influencia que o faz acreditar que é um Neandertal, ele retorna a terra e os robôs não sabem se o que ele diz é verdade.

E após alguns debates os robôs tomam uma decisão surpreendente.

Excelente conto.

A Síndrome de Randy

Também num futuro, onde a superpopulação está em níveis alarmantes, onde uma tecnologia de telepatone (comunicação via corrente sanguínea), as mulheres se comunicavam com seu feto.

Os bebes simplesmente não querem nascer e um psiquiatra tenta descobrir o motivo, os pais começam a ganhar dinheiro com a exposição do seu problema num programa de TV, Randy Jr, o bebê, se comunica com todos os fetos que não nascem.

O final é surpreendente e dúbio.

Excelente conto.

A Guerra Vitoriana

Este conto começa meio devagar, mas toma proporções sensacionais, Conhecem Matrix? Tenho uma leve impressão de que Matrix se inspirou neste conto.

O conto é ambientado num mundo super-populoso dominado por seitas secretas de toda a sorte de doutrinas, e Ultrect que é psiquiatra, se vê no liminar da loucura, entre dois mundos. (O atual e a era vitoriana).

E descobre uma grande conspiração de proporções sobre humanas da parte dos vitorianos e Ultrect tenta salvar a sua sanidade e a de seus companheiros e consequentemente o mundo.

O melhor conto desta coletânea. (Excelente)


INTANGIVEIS INC

Um jovem casal dá uma ajuda para um misterioso caminhoneiro enrugado que vende intangíveis e o velho enrugado faz uma proposta impossível de se cumprir, mostrando toda a obstinação do ser humano de querer fazer o impossível, mesmo que para isso ele abra mão de uma serie de coisas, pela simples obstinação.

O menor dos contos desta coletânea, um bom conto.


Desde o Assassinado

O ultimo conto desta coletânea: Um presidente assassinado, experiencias com drogas alucinogenas, um triangulo amoroso, homens que voltam da lua que avançam microssegundos para o futuro com más intenções, entregar o próprio filho como assassino, controle da superpopulação.

Estes são os ingredientes deste intricado conto com final surpreendente.

Um bom conto

Resumo geral do livro: Ótimo!
 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias