Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


quarta-feira, 30 de março de 2011

Caim


José Saramago é premio Nobel, por isso fiquei curioso em ler alguma obra dele e me surpreendi pelo lado positivo.

Apesar de “Caim” não ser considerada uma obra de literatura fantástica, bem que ela poderia se enquadrar no estilo, pois conta a historia de Caim desde seu nascimento até a torre de Babel.

Caim é amaldiçoado por Deus e é obrigado a andar errante pela terra, o mais interessante são os infinitos diálogos de Caim e Deus, Saramago demonstra um Deus esquizofrênico que não sabe bem o que está fazendo e joga no ventilador grandes dilemas filosóficos dos dias atuais.

O estilo de escrever do autor é corrido (Não há parágrafos), causa um efeito sensacional, tem horas que você não sabe se que está falando: É Caim, Deus ou se é o seu próprio pensamento, fica tudo misturado e ao mesmo tempo “entendível”, causando no leitor uma falta de percepção do tempo, tanto que você começa a ler e não vê as horas passarem.

Vou comprar outros livros do Saramago, porque ele ganhou um fã.

O livro custa em torno de R$ 35,00 e vale cada centavo

sexta-feira, 25 de março de 2011

Alivio Imediato

Em 1989 eu ganhei de presente um disco do Engenheiros do Hawaii, onde tinha a música Alivio Imediato, eu me lembro que uma parte da letra dizia:


O melhor esconderijo, a maior escuridão
Já não servem de abrigo, já não dão proteção
A Líbia é bombardeada, a libido e o ví¬rus
O poder, o pudor, os lábios e o batom

Que a chuva caia
Como uma luva
Um diluvio
Um delírio
Que a chuva traga
Alivio imediato

Passado 22 anos, a Libia é novamente bombardeada e o ditador Gadaffi continua no poder tornando-se milionario e megalomaniaco.

O que isso tem haver com nosso dia-a-dia?

Isso demonstra como somos obstinados a reconhecer que certas coisas não tem jeito e passamos anos e anos insistindo naquilo que não tem remedio.

O ser-humano tem dificuldade em aceitar a perda, mas até que ponto devemos insistir numa situação que nos faz mal?

Como o Gadaffi que há mais de 50 anos faz mal ao povo libio, quantas coisas que há decadas nos fazem mal e deixamos que continue, sempre na falsa esperança de que um dia irá melhorar?

Talvez melhor é aceitar a perda e sofrer durante alguns meses do que ficar decadas jogando sua vida na lata do lixo.

E como diz a estrofe da música:

Há espaço pra todos, há um imenso vazio
Nesse espelho quebrado por alguém que partiu
A noite cai de alturas impossí¬veis
E quebra o silencio e parte o coração

Até a próxima, quem sabe com um assunto mais alegre.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Os anéis de Saturno




Os anéis de Saturno é um conjunto de obra que Asimov sobre o heroi intergálatico Luck Starr que pode ser lido separadamente.

E nesta história mais uma vez Luck Starr entra em ação, desta fez para impedir a invasão dos sirianos que montam uma colônia numa das luas de Saturno, causando um grande problema diplomático, levando a Terra e seu império à beira da guerra contra os Sirianos e os mundos independentes.

Starr usa de astucia e malandragem para tentar virar o jogo, mas o outro lado usa de cinismo para provocar a guerra.

A história está bem amarradinha nos quesitos das tramas principais.

Uma boa obra para se distrair e ler num final de semana.

Procurem num sebo, pois como eu estou dizendo há algum tempo a Editora Aleph faz um assalto com seus preços.

sábado, 19 de março de 2011

Grand Funk Railroad

Tai uma daquelas coisas que você só descobre na Internet, com um som vibrante misturando várias vertente do rock, blues e folk, arrastavam multidões em estádios no inicio dos anos 1970 com performances teatrais.


Mesmo para os padrões de hoje o show e a musica soam bem modernos e bem sci-fi.

Para saber mais: http://pt.wikipedia.org/wiki/Grand_Funk_Railroad

quarta-feira, 16 de março de 2011

O cair da noite


O cair da noite de Isaac Asimov e Robert Silverberg contam a historia de um mundo chamado Kalgash que tinha 6 sóis (Isso mesmo!), então eles desconheciam a noite, mas de tempos em tempos o alinhamento destes sois trás a escuridão.

Uma seita apocalíptica anuncia o fim do mundo assim que acontecer este alinhamento, trazendo uma série de conflitos para a sociedade de Kalgash.

Excelente obra, se tiverem oportunidade podem ler que eu garanto.

Até a próxima

sábado, 12 de março de 2011

O leite derramado


É uma obra do Chico Buarque que ganhou o premio Jabuti de 2010, depois de uma polemica muito grande, pois o livro foi 2º colocado na categoria romance e depois ganhou o 1º lugar no geral e o que tinha ficado em 1º no romance ficou em 2º no geral. Como é que pode isso? Também não sei.

O fato é que isso prova que concursos e seleções são muito subjetivos e depende de politicagem e apadrinhamento, outro dia, eu escrevi que para se publicar numa editora grande sem apadrinhamento é quase impossível, me tacaram pedra, mas o tempo é sempre senhor da razão e ai está o exemplo.

Quanto ao livro propriamente dito, é a historia de um velho moribundo que relata suas memórias passando por seu trisavô até chegar ao bisneto, dando panorama das mudanças que ocorreram no Rio de Janeiro.

O livro é rebuscado, não dá pra ler sem dicionário.

Por ter ganhado um premio importante e ter um preço salgado, você espera mais do livro, acredito que pelo fato de ter palavras rebuscadas os críticos gostem mais, pois dá um ar de intelectualidade e se fecham nas suas panelas, isso é cara de Brasil, onde se privilegiam alguns poucos.

A obra eu considero boa, mas nada que mereça alguma menção histórica ou mudança literária, só recomendo a leitura pra quem realmente está habituado a ler.

quarta-feira, 9 de março de 2011

O Despertar dos Deuses


Está obra de Asimov é de 1972, conta de um "triângulo" amoroso, em que a 3ª parte não é muito bem vista, mas era fundamental para a procriação, isto acontece numa outra dimensão.

Então O radioquímico Frederick Hallam vai investigar uma estranha troca de elementos químicos, pois pretendia construir uma bomba e se depara com situações misteriosas.

É o livro que Asimov mais gostou de ter escrito e realmente é um dos melhores, abrangendo: a estupedez do homem de querer se autodestruir, do racismo (No universo paralelo os "Suaves" não de dão com os "Duros", mas precisam deles para a procriação).

Excelente obra, você a encontra com preços bem acessiveis nos sebos on-line. (O meu eu comprei assim).



sábado, 5 de março de 2011

MEMÓRIAS PSICOPATAS II


Eu porejava por todo meu corpo, mas tinha que cumprir minha missão de esbulho na noite chispante da grande cidade.

Utilizando-me de minha mendacidade adentrei num bar de luzes baixa de neon vermelho, indicando o caminho do pecado.

Já em seu interior a abobada estava enfumaçada pelos gases venenosos dos cigarros e vejo um glutão barrigudo e boquirroto de fala estridente, comendo e bebendo de boca aberta, como estivesse num tinelo, achando que aquilo era o máximo.

Aproximei-me e comecei a puxar papo e decidimos ir para outra balada, lá talvez houvesse garotas a fim de transar, então nos aproximamos de meu carro e deixei cair às chaves.

Então o glutão se abaixou para pega-las e ao soçobrasse lhe enfiei o pé-de-cabra no pescoço que começou a verter sangue quente e vivo e disse num tom abafado:

- Que este porco imundo seja anátema!

Então o coloquei no porta-malas e vaticinei que este indivíduo deveria perecer no inferno, devido a sua falta de elegância e educação.

O congelei em meu freezer, como havia feito com a moça do telefonema, e o comi constantemente no almoço e na jante durante quatro meses.

Agora não há ninguém em meu freezer e ando um tanto deprimido, já que você está aqui poderíamos sair pra alguma balada.

O que você acha?

quarta-feira, 2 de março de 2011

Uma breve História do mundo


Livro escrito pelo professor Geoffrey Blaynei, contando a história do homem desde época nômade até a conquista da lua e os tempos atuais.

Existe várias curiosidade como a domesticação do gato, o motivo da origem das guerras, o fim de usarmos o céu como guia e outras.

O livro é legal, justamente por causa destas curiosidades ficando diferente de um livro didático.

A leitura é agradável sem muito rebuscamento, para leigos, deve-se ler mais de uma vez, muitas coisas podem passar batido na primeira leitura.

A única coisa que eu achei ruim deste livro é o preço, comprei numa promoção por R$ 32,00, mas a média é R$ 36,00.

Bom livro para quem gosta de história.
 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias