Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


domingo, 30 de janeiro de 2011

Divagações Semanais II

Consegui organizar o blog de tal forma que agora eu tenho postagens pra pelo menos 3 meses, como eu disse anteriormente vou comentar os livros que ando lendo, já tenho uns 5 ou 6 ai programados para cair aqui no blog.

Também vou começar a comentar sobre alguns discos ou bandas, afinal aqui me propus a falar de rock.

E quando tiver um texto ou outro ele vai sendo encaixado e continuarei as visitas aos blogs que mais gosto.

Mudando de assunto desde Dezembro ando lendo muitos livros: (Uma breve historia no tempo, O leite derramado, Os anéis de Saturno, O Príncipe, A batalha do Apocalipse, A Invasão, Viagem Fantástica II, O Caso Morel e atualmente Planeta Neandertal).

Com esta pequena bagagem percebi claramente que muitos novos escritores simplesmente não leem, provavelmente se vê muito filme, só de ler estas obras melhorei muito o meu vocabulário e ideias, por isso sugiro aos novos e velhos escritores que leiam.

Estou mais gostando de ler do que de escrever, isto é muito bom.

Aliás os próximos textos eu estou utilizando uma técnica bastante interessante para aprimorar o vocabulário:

1º) Leia um livro que você goste;
2º) Selecione 10 palavras que você não conhece e busque o significado delas;
3º) Monte um miniconto, poesia, crônica ou qualquer outro texto com estas palavras;
4º) Eis ai material para o blog.

Você pode tornar o desafio mais interessante, especificando um gênero/tema, exemplo : Vou fazer uma história de cyberpunk tendo o tema a clonagem.

Pra ajudar a pegar um tema aleatorio, dê um pulinho no storywriter ou vai nessas comunidades que fala sobre sonhos, sempre aparece alguma coisa interessante.

Até a próxima

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O CYBORG E A LÍRIO SELVAGEM


        Cyborg:    Encontrei está orbe selvagem.
                        Depois da penosa viagem.
                        Para se descentralizar.
                        E Sentir o amor outra vez.
                        Sonhando em correr nu pelos campos.
                        Querer-te como a única mulher.

Lírio Selvagem: Vou voar em teus braços mecânicos.
                         Entregar-me de corpo e alma.
                         Ver o teu rosto lívido feliz.
                         Sentir o cheiro da chuva.
                         Viajar pelas crateras da lua.
                         Ver o universo em orgasmos múltiplos.

             Cyborg: O livre-arbítrio tão ilusório.
                          Toma conta da minha mente neural.
                          Destruindo tudo que é artificial.
                          Meu coração irradiará a ternura.
                          Além do espaço conhecido.
                          Tu és minha ressurreição.

 Lírio Selvagem: Te curarei dos malefícios da tristeza.
                         O seu amor é tão contraído.
                         Tornando-o calado demais.
                         Tu explodiras numa raia gargalhada.
                         Trazendo a tona o seu verdadeiro “eu”.
                         Vou te fazer feliz, mais que feliz.
  
        Conclusão: E ambos viajaram pelo mundo selvagem.
                         Sentindo o esplendor da natureza.
                         Fazendo amor na beira do riacho.
                         E numa viajem para o espaço sideral.
                         Escutar o silêncio lúcido do cosmos.
                         Pedindo para retornar para a essência do todo.
                         E desta forma acabar com a sensação:
                         De estar no mundo errado.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

1001 Universos


Iniciativa do blog Café de Ontem, com apoio incondicional do blog Absurdo Fantástico, pensando pelo lado comercial, é ótimo que incentivamos e consumamos a literatura fantástica, quanto mais portas melhor e assim devagarzinho nós vamos conhecendo novos autores e novas possibilidades.


O numero 1 da revista 1000 universos tem 112 páginas e é distribuído gratuitamente, o link está no final do post, inclusive estão abertas as inscrições para o nº 2. Temos as seguintes histórias e autores:

Quimera das Cinzas Douradas – Georgette Sillen

Uma historia de realidade alternativa, onde Moises lidera o povo de Javé de volta as estrelas.

Anos antes houve um acidente com uma nave espacial do povo de Javé, comandada por José neto de Abraão, eles são feitos escravos no Egito, como é relatado na bíblia, Moises consegue contato com Jafé e organiza a expedição para o monte Sinal, através da nave “Exodus”, onde se abrirá um portal para o regresso deste povo.

Há alguns conflitos, Moises se casou com uma nativa, tendo herdeiros híbridos e eles não poderão ir com ele, no alto do monte Sinai, ele é tentado por um demônio chamado Anat, porém ele resiste, não se dando por vencido ele corrompe o povo que faz um Bezerro de Ouro.

Os artefatos como os efods, o cajado, as tábuas dos 10 mandamentos, o tabernaculo são na verdade máquinas de avançadas tecnologicamente.

Excelente conto; ficou um gosto de quero mais, a autora bem que poderia ampliar a historia.


Sangue em suas mãos – Marcelo Pachoalim

A história se passa num museu, onde um investigador encontra uma mulher sensual e três corpos dilacerados, ele a prende e começa o interrogatório, muito bem escrito esta parte.

Não conseguindo nada ele a libera, ela agradece e pede uma carona, pois esta chovendo, no final ela se revela como uma entidade que precisa migrar de corpo de tempo em tempo.

É uma boa história está bem escrita, mas sem querer ser chato, quando você termina de ler você diz: “Já li ou vi isto em algum lugar”

Não sou contra as modas, mas às vezes, o autor precisa tomar cuidado pra não dar esta sensação de “deja vu” no leitor.


Amazonia Undergroud – Romeu Martins

É um pequeno conto steampunk com nuanças de Arthur C. Dohley e Julio Verne, o autor explica os detalhes de suas personagens, eu percebi estas nuanças antes de ler as explicações.

É a história de um aventureiro inglês que se embrenha na floresta amazônica, ainda na época do império e que está metido numa enrascada da qual ele precisa achar uma solução para salvar a sua pele.

O conto é bem simples, mas vale à pena a leitura para se familiarizar com o universo steampunk.

*Steampunk: Existem algumas definições para este gênero: Mas eu creio que a mais certa, seja historias com tecnologias avançadas movidas a motores a vapor, causando uma distopia na sociedade.


Aquela garota de olhos brilhantes – Miguel Carqueija

Eu sou um tanto suspeito para falar de Carqueija, pois sou seu fã.

A historia começa numa conversa distraída, na verdade a história começa insossa, quando ao acaso o detetive Parmesa se encontra com algumas pessoas discutindo um crime que havia acontecido numa festa, onde todos ali estavam presentes com exceção de uma jovem.

A filha do acusado diz que não foi o pai dela que cometeu o crime e tem provas para inocentá-lo e ainda apontar o verdadeiro culpado.

A cada parágrafo, a historia vai tomando corpo, formando um clímax bem legal, no final o assassino é revelado, com ajuda da jovem desconhecida, desvelando o motivo real do assassinato.

No fim esta jovem some (poderia ser um anjo?), e a justiça é feita.

Excelente Conto.


Ouvir Estrelas – Ana Cristina Rodrigues.

Este conto está mais para uma prosa poética, a história começa num mundo hecatombe, onde duas potencia estão em guerra e um garoto de 15 anos escuta uma melodia vinda das estrelas, num derradeiro momento as potencias se autodestroem e as crianças continuam a viver no planeta sob os cuidados da melodia estelar, numa utopia romântica.

Ótimo conto com uma história muito bonita e romântica,.


Adam – M.D. Amado

É mais um conto apocalíptico, Adam é um cyborg que está se aventurando numa parte da Europa, quando bombas e bombas explodem, acabando com o mundo, então Adam se vê sem sua parte máquina, tentando encontrar sobreviventes, nem que fosse uma mulher, qualquer mulher para iniciar o repovoamento do planeta.

Ele escreve uma carta com uma caneta esferográfica, deixando uma mensagem para caso alguém passasse por ali, reconstruiu alguns automóveis, a fim de fugir daquele cataclismo, mas não se sabe se ele obteve êxito, porque a partir daquele instante teria que sobreviver como homem de carne e osso.

Eu percebo que o futuro sombrio, ainda povoa a mente dos autores de ficção, talvez seja o medo das armas nucleares serem detonadas por grupos extremistas.

O conto é bom, mas aqui também vale aquela sensação que tive no conto anterior: “Acho que já vi isso antes”.


Sonho Ruim – Marcelo Galvão

A história se passa no Haiti, após o terremoto que assolou o lugar, o medico brasileiro se vê confuso numa sequencia inexplicável de mortes de crianças, e uma estranha e velha mulher o assusta, o médico vai em busca daquele mistério e a velha mulher morre e sua assistente diz que uma maldição de vodu, uma entidade chamada lugaru, no final o médico consegue matar a entidade, salvando a pequena cidade haitiana.

Ótimo conto de suspense, bem original, saindo do lugar comum.


Ars Nova – Ana Lucia Merege

Este conto é uma verdadeira aula de arte, conta a história de um quinteto errante pelas ruas da Italia, um deles é convidado a tocar no Palazzo para uma platéia de... fantasmas, ambie. No começo parecem inofensivos, mas o objetivo era aprisionar uma alma, o que eles conseguem, mas não com Renzo e sim com Marcello que é levado embora.

A temática é boa, um pouco extensa a historia, considero um bom conto.


1001 Universos

Gostei da iniciativa, o numero de páginas está bom, está bem legal pra ler no netbook, notbook e i-pad, aguardo ansiosamente pelo número 2.

Ótima Obra.

Para Baixar e participar do nº 2:

http://cafedeontem.wordpress.com/2011/01/03/1000-universos-01/#more-1081

sábado, 22 de janeiro de 2011

Fahrenheit 451


Taí um clássico da Ficção Cientifíca e na minha opinião um dos melhores escritores de ficção científica, Ray Bradbury, além de escritor é roterista para a TV.

Fahrenheit 451 é a temperatura em que o papel pega fogo, nesta obra, pode até ser que eu esteja enganado, este livro é um exemplo clássico de cyberpunk, ou seja, Tecnologia avançada que causa uma distópia.

A história do livro consiste numa época no futuro em que os livros são abolidos e quem é pego tem a casa queimada pelo bombeiros. Foi criado uma tecnológia em que as casas não pegam fogo e assim os bombeiros passaram para outra função.

A segurança era feita por cão de pernas aracnídeas, chamados Sabujos, e as pessoas totalmente alheias a um iminente ataque nuclear, na verdade, os livros foram substitíto por holoimagens quadridimensionais com programas estilo "Big Brother".

De repente um bombeiro começa a questionar o sistema e se rebela, o final é surpreendente.

Recomendo a leitura não só pela a história, mas também pelo estilo de escrita de Bradbury.

Quem é rato de internet, saberá encontrar uma versão on-line, porém a editora Globo vende uma versão de bolso que custa em torno de R$ 15,00 nas melhores livrarias.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

A invasão


Não é bem uma resenha, mas é um livro que baixei do blog "O Selo Digital", abaixo há um link do blog, lá você encontrará como esta acima.

É um livro do gênero da ficção cientifíca chamada urântia (realidade alternativa); neste livro escrito em 1979, o governo angolano pede para o Brasil fazer uma intervenção militar contra os cubanos, russos e os países do eixo.

Maladramente o Brasil surpreende o mundo e invade Angola, os russos ameaçam os brasileiros, caso eles ataquem seus soldados, caso haja a agressão, os americanos entram na guerra, podendo causar a terceira guerra mundial.

O Brasil tem 4 bombas atômicas, causando a ira dos seus vizinhos latinos que se envolvem no conflito, antes disso o presidente renuncia e reinstala a monarquia.

Quem acompanhava as noticiario dos anos 80, perceberá que o autor não viajou em nada, o cenário é plausivel. (Momento histórico: Em 1993 houve um plebiscito sobre a forma de governo e a monarquia obteve 10% dos votos)

O livro tem uma boa temática, mas peca no momento final, onde o autor não concluí o conflito em Angola e nem a invasão Argentina/Bolivia, ficando muitas coisas no ar.

Quem quiser se aventurar a ler a página com o link está abaixo:

http://osebodigital.blogspot.com/search/label/jose%20antonio%20severo

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Apresento-lhes: "Dogmas dos Sentimentos"


Bom caros amigos, consegui finalmente terminar um romance. (Aleluia!), eu tinha posto o nome de “Quando o sentimento é mais forte”, mas depois pensando melhor, achei piegas e mudei o nome para “Dogmas dos sentimentos”.

Por incrível que pareça não é um romance de literatura fantástica e sim um drama religioso, a historia consiste num casal que se apaixona, mas a moça freqüenta uma seita apocalíptica e o bispo faz de tudo para separá-los, principalmente com “agressões bíblicas”, chegando às ultimas consequências para não perder sua fiel.


A minha grande duvida agora é saber se faço uma produção independente ou procuro uma editora, cheguei a pensar em disponibilizar gratuitamente na internet, mas vou pensar mais um pouco a respeito disso.


No mais, devo dar um pouco mais de atenção ao blog.

Até a próxima.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A máquina do presente futuro

O rato de mobilidade limitada.
Plataforma de descanso mobilizada.
Botões finitos de palavras infinitas.
Imagens nítidas nas câmeras coloridas.

O cérebro cabe na palma da mão.
Labirinto de fios sem confusão.
Janela gráfica que fecha o ar.
Eletricidade que tudo faz funcionar.

Têm funções e tamanhos variados.
Antes eram estranhos e monstruosos.
Com ele a sociedade se adaptou.
O seu criador nunca imaginou.

“A máquina do presente futuro!”

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

2011

Graças a Deus consegui organizar minha vida, depois de um merecido descanso para voltar com tudo agora.

Nestes últimos dias tive tempo de ler três livros: Uma breve história do Mundo; O Leite Derramado do Chico Buarque e Os anéis de Saturno do Asimov e já estou na metade da epopéia “A Batalha do Armageddon” do Eduardo Sophir.

Além de conclui um conto no qual estou aguardando a sua publicação e dei uma boa avançada em meu romance.

Fiz essa introdução toda para dizer que o blog acabou ficando em segundo plano e assim permanecerá devido ao escasso tempo.

Quem toca um blog sabe que despende de certo tempo, na procura de parcerias, de leitores, de divulgação, de fazer os escritos e etc.

Isso não quer dizer que vou abandoná-lo, apenas reduzi o tempo dedicado a ele, no caso será de um dia por semana, continuarei a ler os blogs que recomendo, pois não quero perder o contato com os amigos.

Bom 2011!!!!

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias