Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


quarta-feira, 6 de julho de 2011

A Solidão do Espaço


                 A vastidão do sistema solar é tão grande que é comparável com a inquietante solidão do ser humano, naqueles dias ao redor do sistema jupteriano, onde as mensagens levam em torno de seis horas para irem e mais seis horas para voltar, é onde Major Soares se encontra.

                Quando adolescente havia lido muito os livros de Arthur Clarke e olhando pela pequena e redonda janela, esperava encontrar o monólito negro, mas apenas o silencio absurdo do cosmo é que se “via”.

                A ultima mensagem foi enigmática, ele teria que sair da nave para ajustar a antena de comunicação que por qualquer motivo havia se deslocado, causando uma grande interferência nas comunicações.

                Soares tomou todos os procedimentos de segurança e caminhava na gravidade zero, subitamente olhou na direção do grande planeta vermelho, onde Gaminedes e Europa passeavam lentamente, ficou a pensar nos seus cinco anos, não havia memórias apenas flashes, tentou retroceder mais na suas primeiras idades, mas nada vinha, a não a ser a face dos pais, felizes com o bebe.

                Naquele silencio espacial, lembrou-se que estava no útero da mamãe, sons de água e estática eram a tônica daquele ambiente de paz e proteção, forçou mais a memória e viu uma luz brilhante que formava um túnel ao som de uma musica celestial.

                O que será que havia antes do túnel?

                Seu devaneio foi quebrado por uma mensagem vinda da Terra, acelerando seu coração, devido ao susto, algum técnico o lembrava para consertar a antena e tinha lhe dado ordem para retornar para a casa e assim ele procedeu.

                Já dentro da nave Major Soares havia percebido que o universo era mais generoso que a maior imbecilidade que qualquer ser humano houvesse escorrido, seja ela, filosofia, religião ou sistema político e assim voltou para Terra com a certeza que apenas estava começando a sua grande viagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias