Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


quarta-feira, 4 de maio de 2011

Baile de Debutante

Em 1989 existiam duas ideologias: capitalista e comunista, entretanto, para Patricia, isto não tinha a menor importância, desde que não atrapalhasse sua festa de 15 anos e neste frenesi se engraçava com Mario, um galã a lá Felipe Camargo.

Ele, sorrindo galantemente, a tirou para dançar “Girl, I´m gone miss you” de Milli Vanilli, ao compasso da música, as partes intimas se tocavam, acendendo um braseiro que lancinava a genitália da moça e o rapaz com a libido cavalar a levou para uma parte deserta do jardim adjacente.

Uma nuvem rubra, sem tormentas, escureceu o céu, Patricia, encostada numa grande arvore, achou aquilo estranho e antes que pudesse comentar algo, estava sem calcinha com o pênis de Mario penetrando-a, respingando gota a gota, o sangue virgem pela terra.

No ultimo estertor de prazer, ela se empertigou para beijá-lo e uma angina causou-lhe a aceleração do coração, precipitando mais sangue pelo hímen rompido, encharcando mais e mais a terra, sentia seu espírito arder nas chamas do inferno, deixando-a catatônica.

O galã agora tinha três cabeças demoníacas (homem, touro e carneiro), largou-a estatelada e devorou com volúpia a terra empapada, se desmaterializando em seguida.

Foi divulgado que a moça havia sido estuprada e ela permaneceu em estado catatônico num manicômio.

Meses depois, o muro de Berlin caiu, simbolizando a vitoria do capitalismo e Asmodeus debutava seu reinado de luxuria e consumismo desenfreado, levando ao coração dos homens toda sorte de concupiscências, tornando: carros, mulheres, eletrônicos e luxuria como o perfeito ideal de vida.

2 comentários:

  1. Original, mas acima de tudo mórbido. E eu particularmente gosto muito de contos mórbidos. Fiquei imaginando a cena e realmente foi bacana. Viajei.

    ResponderExcluir
  2. O perfeito ideal de vida é a felicidade, cada um tem a sua de uma forma...
    muito bom ^^

    bjs.

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias