Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


sexta-feira, 25 de março de 2011

Alivio Imediato

Em 1989 eu ganhei de presente um disco do Engenheiros do Hawaii, onde tinha a música Alivio Imediato, eu me lembro que uma parte da letra dizia:


O melhor esconderijo, a maior escuridão
Já não servem de abrigo, já não dão proteção
A Líbia é bombardeada, a libido e o ví¬rus
O poder, o pudor, os lábios e o batom

Que a chuva caia
Como uma luva
Um diluvio
Um delírio
Que a chuva traga
Alivio imediato

Passado 22 anos, a Libia é novamente bombardeada e o ditador Gadaffi continua no poder tornando-se milionario e megalomaniaco.

O que isso tem haver com nosso dia-a-dia?

Isso demonstra como somos obstinados a reconhecer que certas coisas não tem jeito e passamos anos e anos insistindo naquilo que não tem remedio.

O ser-humano tem dificuldade em aceitar a perda, mas até que ponto devemos insistir numa situação que nos faz mal?

Como o Gadaffi que há mais de 50 anos faz mal ao povo libio, quantas coisas que há decadas nos fazem mal e deixamos que continue, sempre na falsa esperança de que um dia irá melhorar?

Talvez melhor é aceitar a perda e sofrer durante alguns meses do que ficar decadas jogando sua vida na lata do lixo.

E como diz a estrofe da música:

Há espaço pra todos, há um imenso vazio
Nesse espelho quebrado por alguém que partiu
A noite cai de alturas impossí¬veis
E quebra o silencio e parte o coração

Até a próxima, quem sabe com um assunto mais alegre.

2 comentários:

  1. Esse texto tocou na minha ferida aberta e pulsante.
    Já falei sobre esse assunto no blog,mais pra mim mesma,mas confesso que não adiantou...rsrs
    No seu rastro sempre, embora a demora.Passa la no blog e da uma olhadinha no Ping Pong,se tive afim de participa de um,o que vai me deixar muito contente,me manda teu e-mail ok?
    Boa semana,bjk

    ResponderExcluir
  2. Acho que a Líbia tem tudo haver com a gente,pois ela está dentro de nós,todos nós de alguma forma vivemos dentro de uma ditadura e sofrendo nas mãos de um algoz ditador. As vezes essa ditadura é criada e imposta por nós mesmos, e nós mesmos somos esse ditador e nosso próprio algoz,isso quando não somos dos outros. Abraços poéticos e abaixo a Gaddafi.

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias