Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A Hospedeira


Vocês sabem o que é papagaio de internet?


Pra quem não sabe; é aquela pessoa que lê qualquer coisa na Internet e saí repetindo sem conferir se aquela noticia é justificável.

Sem contar o povo que é modinha.

Por isso que eu não ando mais fazendo comentários daquilo que eu não vi ou li, quando comprei o livro “A Batalha do Apocalipse” me surpreendi pelo lado positivo, depois comprei o livro “A Hospedeira” e terminei de ler e agora eu posso dizer sem medo de ser feliz:

O livrozinho!

Não é que ele seja de todo ruim, os escritores modernos trabalham muito mais o seu marketing pessoal do que a escrita do que uma boa historia, na verdade eles fazem roteiros de cinema.

Este livro tem cópias descaradas de Arthur Clarke (A Cidade e as Estrelas), do seriado Stargate e até trechos de músicas do Led Zeppellin (“Meu espírito implora para ir para o oeste – Stairway to Heaven).

E a autora força uma situação poética/filosóficas, tentando escrever prosas poéticas que desviam da ação do livro, tornando-o um verdadeiro “embromation”.

Este livro poderia ter ficado melhor com 300 páginas do que com 600 páginas.

Por que Meyer é blockbuster? Eu não sei, talvez as pessoas que compram estes livros leiam pouco (1 livro por ano), conheço muita gente assim.

E tenho certeza que critico literário não leem livros, no máxima uma resenha e ela aproveitou bem seu marketing pessoal.

O final do livro até que se torna empolgante, mas deixa muitas coisas em aberto, é tanto “embormation” que muitas subtramas não se fecham.

Um livro apenas regular e tenho que concordar com quem diz que este livro não diz nada.

Se você não leu não perdeu nada.

3 comentários:

  1. Obrigado pela dica, amigo!
    Mas acho que eu nao correria o risco de le-lo. Nao que eu nao goste de autores estrangeiros, mas ultimamente, voce bem sabe, pois e escritor, que os modismos literarios estao a todo vapor.
    Tenho certeza de que se pegasse meu livro e ecrevesse John alguma coisa...venderia muito bem. Pena que nossa cultura valoriza mais o que e de fora.

    Um grande abraco!

    ResponderExcluir
  2. Humm!! Mais uma sugestão de leitura? Gostei do Led Zepellin, curto por ser da minha época... Valeu amigo!!

    ResponderExcluir
  3. KKKKKKK eu ia comprar este livro mas ai me deparei com "A roubadora de livros" e comprei, pelo visto fiz uma ÓTIMA escolha rs.

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias