Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


sábado, 11 de dezembro de 2010

RADIOATIVIDADE


A  Índia sem mácula na alma explodirá o Paquistão.
Mas não estou tremulo ou preocupado com a questão.
E nem estou triste de ver o mundo desaparecer.
Ainda que o plutônio e o chumbo me levem a morrer.

Mesmo que o empíreo límpido de uma noite.
Se fragmente e se transforme na semente da morte.
E com toda a radiação infectando o mundo.
O tempo ainda me diz que não sou culpado.

A nuvem mortal avança sobre todos os seres.
Destrói os que estão nos céus, na terra e nos mares.
Mata a raiz da vida sorridente na manhã de sábado.
O termino de tudo não me deixa preocupado.

O que me aflige é minha presa incontrolável de vencer.
O que me abate é perder o tempo precioso de viver.
Pois viver neste mundo cinza de paradoxo ínfimo.
Faz-me ter medo de não ter tempo de dizer: -Eu te amo!

14 comentários:

  1. Devemos dizer sem duvida o que sentimos antes que o mundo vá pelos ares, pena que o homem em sua suposta "sabedoria" transformou essas fontes de energia em armas de guerra a fim de aniquilar o seu próximo, gostei dos versos e da forma como voce explorou o assunto, felicidades

    http://intercon-x.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ufa!! Será que vai dar tempo de dizer que adorei seus versos antes que exploda tudo?
    Abraços...

    ResponderExcluir
  3. Bom saber que ainda tem gente que faz( e muito bem feito) poesia com questões tão atuais como essa, que a um alarme ao mundo.

    Muito bom mesmo. destaco a frase:
    "A nuvem mortal avança sobre todos os seres"

    ResponderExcluir
  4. Olá, Amadeus!
    A ignorância alheia vai diminuindo, e muitas vezes abruptamente, nosso tempo de viver!!
    Abçs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  5. Olá Amadeu, tem um selo pra ti la em meu blog.

    ResponderExcluir
  6. Lindo poema. Tudo caminha para o fim, talvez não de tudo, mas de todos.

    ResponderExcluir
  7. Ótimos versos!
    Muito legal adaptar velhas e intrínsecas emoções para o agora e para o meio físico.
    Mioto bom!

    ResponderExcluir
  8. Esse tipo de protesto, alerta, nunca está fora de moda, muito pelo contrário, o tempo passou e as coisas estão indo de mal a pior.

    ResponderExcluir
  9. Olá menino
    Adorei o poema, bastante verdadeiro e preocupante.
    Obrigado pela visita.
    Abração

    ResponderExcluir
  10. Magistral forma de versejar meu caro, parabéns sempre.

    ResponderExcluir
  11. gosto do tom humano e verídico de teus poemas.

    desejo antecipadamente feliz natal e um otimo ano novo, estou saindo de férias, mas vou tirar muitos momentos para ler vc. abraços.

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Poemas incríveis. Como vc
    escreve bem"
    gOSTEI MUITO"
    Abraços"
    Se puder passa no meu,
    Sera bem vindo"
    http://amadeupaes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Quase não dava tempo. Salvo pelo gongo, Amadeu!
    Parabéns pelo espaço fantástico que também prestigia o amor!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias