Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


domingo, 21 de novembro de 2010

Seguindo pela mesma estrada

Olho todos os dias o amanhecer, tanto faz se é chuvoso ou se é ensolarado.

E é tão bom acordar sem ter com que se preocupar; não ter hora para fazer o que se gosta.

Você já imaginou se todos os dias fossem assim?

Alguns diriam que não haveria graça, porque todas as pessoas seriam iguais, mas isso é frase de derrotados que se renderam a rotina da vida.

Mas minhas manhãs são como as manhãs de todo mundo, pois quando eu dou por mim:

Todos os dias eu estou seguindo pela mesma estrada, impreterivelmente pela mesma estrada.

6 comentários:

  1. Dizem que nós mesmos fazemos nossos caminhos. Então acho que fazemos igual sempre!

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A gente se prende sem perceber, e dificilmente alguns homens se dão conta do que realmente são as suas prisões.

    Parabéns pelo texto, despretensioso, porém com um peso enorme de sinceridade.

    abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá Amadeu
    Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário. Quando puder volte vou gostar muito.
    Te sigo
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. a estrada é a mesma, os detalhes fora do acostamento podem mudar. adorei o texto.

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito bom texto,fugir da rotina é um desafio diário para todos nós seres humanos,mas essa não é uma tarefa fácil,não é mesmo?Acho que o segredo é seguir tal estrada tentando sempre melhorar nossos passos através dela, que deixam nossos rastros em seu chão,eles que no final desse caminho serão as marcas que contaram a história de nossa trajetória ao longo dessa via que um dia escolhemos tomar em nossas vidas.

    ResponderExcluir
  6. "...tudo muda, o tempo todo, no mundo..." lembras? Pois é! Ter a certeza de que não se fez nada de diferente, de que não encontramos pedras na estrada diária, torna o sono menos valioso. O prazer está na fruição do valor intrínseco de cada coisa...

    Abçs!

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias