Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


terça-feira, 16 de novembro de 2010

O pião da casa própria

Mariano era um fã incondicional de Silvio Santos, gastava todas as suas economias com tele-senas e carnês do baú da felicidade, mas nunca ganhou nada, até que certo dia foi sorteado para participar do pião da casa própria.


Foi uma emoção ímpar chegar ao SBT, depois de passar maquiagem, Silvio Santos lhe chamou e o entrevistou:

- Mas você é cliente há quanto tempo?

- Há mais de vinte anos, Silvio. – Disse ele orgulhoso.

- Então é o seguinte: - Explicava Silvio Santos. – Você roda o pião se você ganhar leva uma casa de um milhão de reais, mas se perder (ih ih ha ha ai), mas se perder, você perde a alma pro diabo. (oiiiii...)

Mariano não podia recusar o desafio, afinal era o sonho de sua vida e topou o desafio.

E lá foi Mariano rodar os piãos, ele tinha que fazer uma quina e ao som da música Holiday for Strings, o pião ia rodando.

Vale salientar que a face dos piãos eram de coisas macabras e consistia nas seguintes figuras:

1 – Baphomet;
2 – A suástica;
3 – Um Pentagrama;
4 – Uma cruz de ponta cabeça;
5 – O número 666;
6 – A foto do Marquito pelado.

O publico gritava: Vai... Vai... Vai... Mas não foi e miseravelmente ele perdeu.

Silvio Santos deu sua tradicional risada e disse:

- Pode rodar o pião quantas vezes você quiser, mas se você se cansar você não poderá rodar mais o pião e valerá o último resultado...

Mariano rodava e nunca ganhava, ele ficou vários dias, sem comer e sem beber, rodando aqueles piãos até que se cansou e sentou-se no palco exausto, então o Silvio Santos disse:

- Você definitivamente perdeu!

Então as dançarinas foram se aproximando ao som de YMCA e começaram a comer sua orelha, arranhar suas costas, destroncar seus braços e comerem suas vísceras.

Ele gritava de dor e pedia socorro, mas não havia quem podia ajudá-lo.

O palco começou a ficar sujo de sangue, quando o relógio despertou...

Mariano acordou suando frio, foi tudo um sonho, pegou suas tele-senas e carnês do baú e queimou tudo, afinal era melhor não arriscar.

3 comentários:

  1. No fundo deste sonho há uma verdade, quando um hábito esporádico se torna um vicio em jogos de azar, não só a alma do indivíduo como toda a renda é entregue nas mãos de demônios invisíveis.
    Interessante o conto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, de Mariano em Mariano o homem foi enchendo o baú, o cofre, a caixa-forte, as contas secretas e, depois de não ter mais onde colocar a grana, comprou seu próprio banco.
    Agora os Marianos, que lá depositaram suas economias, estão apreensivos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Texto forte que provoca reflexão imediata.

    Minha mãe, falecida em Agosto de 2005, passou mais de trinta anos comprando o carne do Baú e trocando por mercadorias. Quando a tele-sena chegou conquistou-a do mesmo jeito.
    Minha mãe sonhava em ganhar, mas ao invés disso, eu tive o meu carro apreendido pelo banco Panamericano por falta de pagamento das duas ultimas prestações do financiamento.

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias