Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Platônico


Era final de 1996, foi quando eu te conheci e naquele dia eu sabia que tinha encontrado a minha alma gêmea, não sei por que, mas eu achava que você se chamava Suzana, acho que tinha sido um sonho que eu tive e tremi as pernas quando me confirmou o seu nome.

Passei o ano seguinte tentando declarar meu amor por você, e fiquei assim durante o ano todo, seu olhar pueril era algo que me desencorajava, vai que o encanto acabe, vai que eu faz-te conta acabe, mas quando chegou dezembro de 1997, entrei na escola e vi você conversando com o cara mais rico da cidade, eu vi o meu mundo...

                                                                       C
                                                                       A
                                                                       Í
                                                                       N
                                                                       D
                                                                       O
                                                                       !

E depois disso nunca mais lhe vi e daí já se foram 12 anos. E hoje 2009, próximo a dezembro, num bar jazzístico, você aparece vestida de preto e percebi como fui tolo, como joguei fora 12 anos da minha vida.

Não vou esperar mais nem um segundo, não consigo falar, pois você me inibi, mas posso escrever, então neste dia chuvoso, pode olhar pela janela, estou ali todo ensopado, esperando uma resposta sua:

- Daniele, quer casar comigo?

4 comentários:

  1. Eu já tive diversos amores platônicos, mas nunca me declarei a nenhum, pois sou covarde demais. Eles vieram e se foram.

    ResponderExcluir
  2. O amor é valido de todas as formas e feitios…

    ResponderExcluir
  3. Muito Lindoo!!!
    Espero que seja correspondido.
    Não deixe um amor assim se perder.
    bjox

    ResponderExcluir
  4. Olá! Com licença; sou Jeferson, um homem comum que gosta de escrever. Quando tenho um tempo saio em visitas a blogs, seguindo sempre a seta que aparece no auto da pagina inicial (próximo blog>>). Posso afirmar que é uma experiência “deliciante”.
    Quando encontro um blog bem legal como o seu eu posto um comentário e deixo o convite para que conheçam o http://jefhcardoso.blogspot.com . Pela proposta de seu blog creio que poderá encontrar algo em minha sessão em preto e branco, que data de novembro ou mesmo nas mais atuais.

    Parabéns por seu blog e desculpe a intromissão.
    Abraço: Jefhcardoso>>de blog em blog.

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias