Recados e Novidades

Meu facebook:
http://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn

Para troca de livros:

Projeto Palavras Cruzadas:

"Já é vender a alma não saber contentá-la." Albert Camus - O Mito de Sísifo.

O projeto 'Palavras Cruzadas' promove encontros mensais (segundo sábado de cada mês) em que são lidos e discutidos trechos de obras importantes da literatura e filosofia surgidas à partir do século XX.

No encontro do dia 13/07 o livro utilizado será 'O Mito de Sísifo' de Albert Camus.

O evento começa às 15h30min.

A coordenação é de Vanessa Molnar, historiadora (USP) e escritora e Fábio Donaire, estudante do Bacharelado em Ciências e Humanidades (UFABC). Estamos localizados na Rua Professor José Franco, 166 – Bangu (a 10min da UFABC de Santo André, na rua do restaurante Frangasso).

A entrada é franca.


segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

A MINI-SAÍA

                Quando pensei neste projeto “Túnel do Tempo”, imaginei subir os posts do Sergio Sampaio e David Bowie, mas me deparei com esta critica feita no dia 12 de Novembro de 2009.

                 Lembram-se da Geisy Arruda?  (Nem sei se é assim que se escreve)

                Pois é, a garota se deu bem: Revistas masculinas, livros, entrevistas e hoje trabalha na Escolhinha do Gugu como pseudo-comediante e não encontro melhor classificação do que a feita pela Desciclopedia (Eu adoro este site). http://desciclopedia.ws/wiki/Geisy_Arruda

                Na época eu critiquei este falso moralismo dos alunos da Uniban (Hoje faculdades Anhanguera), afinal atire a primeira pedra quem nunca sentiu tesão por uma pessoa vestida sensualmente.

                E convenhamos a Geisy não era nenhum primor de beleza ou musa inspiradora de alguém, nem mesmo hoje com um monte de plásticas ela se tornou um símbolo sexual.

      Como sempre digo: “Vivo na cidade dos cérebros de minhocas”, as moçoilas da Uniban, apenas deram fama a esta pessoa que convenhamos não tem talento nenhum, mas devo admitir que ela tem inteligência e está sabendo faturar.

                Afinal de contas num país, onde se discute se o camarada estuprou outra num programa de TV que é uma verdadeira festa de embalo, não se pode exigir nenhuma moralidade de ninguém.

                Logicamente você precisa ter senso de ridículo pra saber que tipo de roupa se deve usar em cada ocasião.

                Enquanto o povo fica hipnotizado pelas celebridades instantâneas, lá em Brasilia... ah meu Deus, só o Senhor é que sabe o que está acontecendo...


"Meu nome é Ronaldo Play minha vida é super agitada, acordo 8:00h da manhã, eu vou à academia bombar meus músculos e na seqüência vou à faculdade.

Eu e meus amigos somos super “zueiros”, cabeça abertas, mexemos com as menininhas nas ruas, tiramos sarros dos catadores de papeis e das empregadas domesticas.

Sou super liberal, posso namorar com homens ou mulheres, mas se for com homens ninguém pode saber. 
Sou super moderno! "

Naquela manhã uma garota, nem tão bonita e nem tão feia, aparece de mini-saía mostrando um belo par de coxas, causando um reboliço na bucólica universidade.

Ronaldo Play garoto super moderno, ficou revoltado com aquilo e berrou pelos corredores a pleno pulmões:

Somos um povo onde as mulheres não desfilam nua nas ruas!
Somos um povo onde não tem prostituição infantil!
Aqui não existem pedófilos!
Só fazemos sexo na posição de papai e mamãe!

Essa transgressora da moral, deve ser queimada como uma bruxa, cadela e imoral!

Moral da história:
A moral é algo que serve para os outros e não para nós!

4 comentários:

  1. Nossa, amei a crítica... O pior é ter de ouvir falsos moralistas, dizendo que a aluna tinha mesmo de ser expulsa pq denegriu o nome da UniTaliban (apelido dado e apropriado), como se os que agiram feito deliquentes (do tipo que resolvem tudo à base da violência) não fosse igualmente (na verdade mais) condenável e suficiente p/ denegrir o nome da Uniban...
    Gostei de seu blog, e de ver que tb é fã de Ficção Científica e Seriados... Abços

    ResponderExcluir
  2. Muito Legal mesmo sua crítica, gostei também do comentário da colega Lily " UniTaliban shuahsuahsusauh

    Grande Abraço Amigo Amadeu!

    Lauro Daniel

    ResponderExcluir
  3. Amadeu, Bom texto. O Brasil possui uma cultura muito peculiar. Brasília é o reduto de uma elite política burra, conservadora, e que fala para um público que ficou no tempo do Brasil Colônia. No Brasil, é um hábito histórico transformar a coisa pública em algo privado. A mídia, por sua vez, divulgou a ideia, falsa, de que o brasileiro é pacato. Como grande parte da população não consegue separar informação de conhecimento, então a mídia continua tendo uma alto poder de convencimento. Por esse motivo é que mediocridades sem talento algum tomam espaço nessa mesma mídia. E depois se divulga que o Brasil será uma Inglaterra em breve. Piada. A distância entre Brasil e Inglaterra não é de ordem econômica, mas cultural. Se o Brasil não tivesse os 500 anos de história que tem, quem sabe seria uma Inglaterra...

    ResponderExcluir
  4. Bom texto, realmente fazemos coisas e condenamos outras pessoas que fazem o mesmo.
    E quanto à nota da Desciclopédia sobre a Geisy: #EURI.

    ResponderExcluir

Esse blog usa moderação em menos de 24h seu comentário será exibido, desde que seja relevante.

 
BlogBlogs.Com.Br diHITT - Notícias